Perguntar
Fechar

Anticoncepcional

Anticoncepcional engorda?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Anticoncepcional geralmente não engorda.

Apesar das pílulas anticoncepcionais não provocarem um aumento do peso, elas podem causar acúmulo de líquidos e, essa retenção pode se manifestar na balança, fazendo com que a mulher sinta que engordou.

Esse efeito colateral dos anticoncepcionais pode ser observado em algumas mulheres e, normalmente, a eliminação dos líquidos retidos pode ser facilitada com atividade física regular e sem haver ganho de gordura.

A possibilidade desse efeito colateral pode ser maior nos anticoncepcionais com dosagem hormonal elevada e raramente ocorre nas pílulas de baixa dosagem

Com relação aos anticoncepcionais injetáveis, a situação pode ser um pouco diferente. A média do ganho de peso pode ser em torno de 2 a 4 kg a depender da mulher, da atividade física praticada e da alimentação.

Geralmente, o efeito benéfico contraceptivo sobrepassa o efeito colateral do aumento do peso. E isso deve ser ponderado no momento da escolha do anticoncepcional.

Os efeitos colaterais variam para cada mulher e nem todas ganham peso com o uso da pílula. Algumas podem até emagrecer, tomando o mesmo medicamento. Tudo depende do organismo e do estilo de vida de cada uma.​

Antes de começar um novo tipo de anticoncepcional é recomendado procurar o/a médico/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para indicação do melhor método contraceptivo para você.

Leia também:

Não quero engordar, qual pílula anticoncepcional tomar?

Tomar anticoncepcional faz aumentar os seios?

Anticoncepcional injetável engorda?

Emendar cartela do anticoncepcional faz mal?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Emendar cartela do anticoncepcional não faz mal à saúde, nem aumenta o risco de gravidez. O uso contínuo da pílula anticoncepcional, emendando uma cartela à outra, é uma forma de não menstruar e aumentar o intervalo entre as menstruações.

Na verdade, o uso estendido do anticoncepcional pode estar indicado como forma de tratamento para mulheres com endometriose, tensão pré-menstrual (TPM) severa, ou outros sintomas relacionados ao sangramento menstrual. Ciclos menstruais mais longos beneficiam a mulher nesses casos.

Após emendar 3 ou mais cartelas da pílula, pode começar a ocorrer um pequeno sangramento diário. Se isso acontecer, é recomendável:

  • Interromper o uso do anticoncepcional;
  • Fazer uma pausa de uma semana;
  • Voltar a tomar o medicamento.

Porém, se a mulher não se beneficiar com ciclos mais longos ou não estiver incomodada com o seu ciclo normal, pode ser melhor não emendar muitas cartelasde anticoncepcional para evitar que os hormônios interfiram muito no seu corpo.

Leia também: O que pode acontecer se eu emendar a cartela do anticoncepcional?

Fale com o seu médico de família ou ginecologista e peça orientações caso pretenda emendar as cartelas do anticoncepcional.

Como posso saber se o anticoncepcional está fazendo efeito?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Você saberá que o anticoncepcional estará funcionando quando tomar ele e não engravidar. deve se cuidar na primeira cartela, depois disso é bem seguro, desde que tomado certo.

Se eu tomar anticoncepcional adiantado, posso engravidar?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Não sei qual o motivo de tomar antes, mas saiba que se tomar certo o anticoncepcional todos os dias sem esquecer, estará protegida nos dias que toma e também durante a pausa do anticoncepcional.

No intervalo do anticoncepcional não sangrei: ele pode ter perdido o efeito?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

A taxa de falha do anticoncepcional oral hormonal é muito baixa para as mulheres que utilizam o método adequadamente e sem esquecer nenhuma pílula.

Geralmente, após os 21 comprimidos da cartela, a mulher apresenta um sangramento nos 7 dias de intervalo entre uma cartela e outra. Esse sangramento é devido à privação hormonal que ocorre no endométrio e esse, consequentemente, apresenta uma leve descamação e sangra. O sangramento é equivalente à menstruação e dura alguns dias.

Quando a mulher emenda as cartelas, sem dar um intervalo entre elas, esse sangramento não ocorre e isso é normal.

Porém, quando é feito esse intervalo entre duas cartelas, o sangramento deve ser esperado.

É importante lembrar outra situação frequente em quem usa anticoncepcional oral: o sangramento de escape.

O que é sangramento de escape?Sangramento de escape pode ser considerado menstruação?

Se você utiliza o anticoncepcional regularmente e sem falhas, pode continuar o uso habitual mesmo não havendo o sangramento no intervalo entre as cartelas.

Se houve alguma falha nesse período, convém esperar uma semana e, caso não ocorra a menstruação é recomendável realizar teste de gravidez.  

Fluoxetina corta o efeito do anticoncepcional?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Não, a fluoxetina não corta o efeito do anticoncepcional porque não interfere na absorção ou no mecanismo de ação deste. 

Porém, existem outros medicamentos que podem alterar a ação do anticoncepcional. São eles: Hidantal, Gardenal, Tegretol, Rifampicina, Penicilinas, Tetraciclinas e Griseofulvina.

O ginecologista deve ser informado sobre a utilização de outros medicamentos durante o uso do anticoncepcional.

Saiba mais em: Quais os efeitos colaterais da fluoxetina?

É normal ter sangramento de escape por causa do anticoncepcional?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sim, é normal ter sangramento de escape (spotting) por causa do anticoncepcional. Muitas vezes esses sangramentos de escape estão associados ao uso de anticoncepcionais hormonais como pílula, adesivo, anel vaginal, implante e DIU (Dispositivo intra uterino).

O spotting é mais comum e frequente quando se faz uso da pílula continuamente, sem intervalos e quando se faz uso de anticoncepcionais com menor dosagem de estrogênio, além disso costuma ocorrer spotting nos primeiros meses de uso do anticoncepcional, com o decorrer do tempo é comum cessar esse sintoma.

Vale ressaltar que o sangramento de escape não indica falha da pílula, portanto é importante continuar fazendo uso do método contraceptivo normalmente mesmo caso ocorra esse tipo de sangramento.

Em algumas situações principalmente quando o uso da pilula é contínuo pode ocorrer a cessação da menstruação e de qualquer sangramento, com o decorrer do tempo, o que também é um efeito esperado do anticoncepcional.

Grande parte dos casos de sangramento de escape decorrentes do uso de anticoncepcional apresenta resolução espontânea, sem necessidade de uso de outros medicamentos ou mudança da pílula ou do método contraceptivo.

Contudo, se o sangramento de escape for muito incômodo, fale com o seu médico ginecologista ou médico de família para receber orientações ou mudar a sua pílula.

Também pode lhe interessar:

Anticoncepcional oral tem efeitos colaterais?

Como parar o sangramento de escape?

A menstruação vai continuar regulada se eu parar de tomar anticoncepcional?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Nem sempre a menstruação continua regulada quando a mulher para de tomar anticoncepcional.

O uso do anticoncepcional regula o sangramento mensal devido à supressão da ovulação. A alteração hormonal causada pelo anticoncepcional provoca um afinamento da camada interna do útero (endométrio) e um sangramento provocado por privação hormonal. Ou seja, na pausa entre as cartelas do anticoncepcional, em que não há ingestão do hormônio, a redução de hormônios disponíveis na corrente sanguínea induz o sangramento do útero (menstruação).

Com o uso adequado e sem falhas do anticoncepcional, a menstruação tende a ficar regulada, vindo no período de pausa entre as cartelas.

Quando a mulher para de tomar anticoncepcional, seus hormônios terão papel ativo na regulação da ovulação e, consequentemente, da menstruação.O ciclo menstrual pode, então, variar a cada mês. A duração entre uma menstruação e outra poderá ser de 28 a 35 dias. E cada ciclo poderá ter uma duração diferente. Por isso, a mulher tem a sensação de que a menstruação está desregulada, já que ela nem sempre virá em dias fixos como acontece com o uso do anticoncepcional.

Saiba mais em: Dúvidas sobre Anticoncepcional

O importante é manter atenta sobre seu corpo e acompanhar os novos ciclos menstruais, observando os novos formatos que a menstruação assume sem o uso do anticoncepcional, prevenindo-se das doenças sexualmente transmissíveis e adotando outras medidas contraceptivas.

Leia também:

Quantos dias tem um ciclo menstrual normal?

Tomar anticoncepcional durante muito tempo faz mal?

Posso tomar anticoncepcional para regular a menstruação?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Uma das formas de regular sua menstruação é o uso de anticoncepcional, porém o mais importante é procurar um ginecologista para descobrir a causa dessa irregularidade e tratar a causa do problema.

É possível tomar laxante sem cortar efeito do anticoncepcional oral?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Sim, é possível tomar laxante sem cortar o efeito do anticoncepcional oral, desde que não ocorra diarreia nas quatro horas a seguir da tomada do anticoncepcional.

Laxantes suaves que não causam diarreia não interferem na ação do anticoncepcional oral. No entanto, diarreias intensas e vômitos que ocorrem nas quatro horas seguintes após ter tomado o anticoncepcional oral podem alterar sua ação. Nesse caso, é importante utilizar um outro método de proteção nas relações sexuais, como a camisinha, até o final da cartela.

O médico ginecologista é o responsável pelas orientações à respeito da ação dos anticoncepcionais e suas interações com outros medicamentos.

Anabolizantes cortam o efeito do anticoncepcional?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Sim, anabolizantes podem cortar o efeito do anticoncepcional. Uma vez que os anabolizantes são hormônios, eles podem interferir com a metabolização dos hormônios presentes no anticoncepcional, anulando o seu efeito.

A ação dos anabolizantes no fígado é imprevisível e é este o órgão responsável pelo metabolismo dos hormônios que estão no anticoncepcional e no anabolizante.

Os anabolizantes, por serem quase sempre derivados da testosterona, um hormônio masculino, diminuem o efeito dos hormônios femininos.

Mulheres que usam anabolizantes e tomam anticoncepcional devem utilizar outro método para evitar uma gravidez.

veja também: Anabolizantes podem suspender a ovulação e causar infertilidade?

Além disso, caso fique grávida, existe um grande risco de haver malformações fetais, com alterações no desenvolvimento dos genitais do bebê.

O uso de anabolizantes pode prejudicar gravemente a saúde da mulher, podendo causar:

  • Menopausa precoce;
  • Osteoporose;
  • Aumento do colesterol ruim (LDL) e diminuição do bom colesterol (HDL), aumentando o risco de infarto e derrame;
  • Câncer de fígado;
  • Aumento da pressão arterial;
  • Comprometimento de fígado e rins;
  • Aumento da agressividade, ansiedade e competitividade;
  • Transtorno bipolar;
  • Aumento do clitóris;
  • Angina de peito.

Para maiores informações e esclarecimentos sobre o uso de anabolizantes, consulte um médico endocrinologista.

Pode lhe interessar também:

Posso mudar de anticoncepcional antes de terminar a cartela?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Sim. Você pode mudar de anticoncepcional antes de terminar a cartela

Quando a mudança ocorre de pílula para outra pílula, recomenda-se iniciar a nova medicação no dia seguinte ao último comprimido da cartela antiga. Dessa forma, você emenda as duas cartelas e não realiza intervalo entre elas.

Se a mulher está tomando a pílula e vai trocar para outro método como adesivo, implante, anticoncepcional injetável ou DIU, ela deve iniciar esse novo método antes de acabar a cartela. Esse tempo é variável de acordo com o método a se iniciar. Por isso, na transição de um método contraceptivo para outro, é importante uma consulta prévia com o/a médico/a para evitar possíveis falhas.

Se você já usa uma pílula anticoncepcional e irá mudar de medicação, pode tomar 1 comprimido por dia até o fim da cartela e iniciar a nova cartela da nova pílula no dia seguinte ao término da cartela antiga. Continue tomando 1 comprimido por dia da nova medicação normalmente sempre no mesmo horário. 

Leia também: 

Posso mudar a hora de tomar meu anticoncepcional?