Esperma

Esperma amarelado e gelatinoso: o que pode ser?

Esperma amarelado e gelatinoso pode indicar algum grau de congestão ou infecção da próstata (prostatite). A cor normal do esperma deve ser branco nacarado, semelhante à cor da parte de dentro das conchas do mar.

Se for uma infecção, o tratamento pode ser feito através de medicamentos orais ou aplicados diretamente na próstata. O importante é diagnosticar a causa do esperma amarelado e gelatinoso o quanto antes, para que o problema não se torne crônico e difícil de tratar.

O ideal é que o tratamento seja feito ao casal, se for o caso, pois a mulher provavelmente também estará infectada. O mais indicado é procurar um urologista para que sejam feitos alguns exames para detectar o micro-organismo invasor e o problema possa ser devidamente tratado.

Esperma com sangue, o que pode ser?

Esperma com sangue (hemospermia ou hematospermia) pode ter muitas causas, porém as mais frequentes são as infecções, inflamações e traumatismos, principalmente nos homens com idade inferior à 40 anos. Já nos homens com idade acima de 40 anos ou quando há a presença de sangue no esperma repetidas vezes é necessário uma avaliação mais detalhada para a identificação das possíveis causas.

A presença de sangue no esperma pode ter as seguintes causas:

  • inflamações e infecções como uretrite, prostatite, infecção urinária, doenças sexualmente transmissíveis (DST), inflamação das vesículas seminais,
  • hipertensão,
  • cálculos ou cistos no ducto ejaculatório e vesícula seminal,
  • tumores benignos ou, embora raramente, malignos,
  • malformações de artérias e veias, principalmente em adolescentes,
  • distúrbios de coagulação como a hemofilia e problemas no fígado,
  • traumatismos causados por procedimentos médicos ou pelo próprio paciente.

A maioria dos casos de hemospermia têm melhora espontânea sem que haja necessidade de tratamento. No entanto, o urologista deve ser consultado nessas situações.

Por que o esperma sai fora da vagina ao levantar?

O esperma sai da vagina ao levantar por ação da gravidade.

Durante o ato sexual, quando não há uso de preservativo, o esperma resultante da ejaculação será depositado na vagina. A vagina é composta por vários músculos. Após a relação, o esperma irá sair aos poucos pela vagina.

Quando a mulher se levanta, com a ação da gravidade do planeta, a quantidade de esperma que sai da vagina será maior, pois isso ela pode ter uma percepção diferente de quando ela permanece deitada.

Mesmo com a saída de determinada quantidade de esperma pela vagina, a quantidade que entrou durante a relação sexual, é suficiente para possibilitar uma gravidez.

A mulher que não queira engravidar e que queira se prevenir de doenças sexualmente transmissíveis deve usar preservativo feminino ou masculino em todas as relações sexuais. 

Ejaculo pouco esperma, pode dificultar ter filhos?

Ejacular pouco esperma, somente, não significa dificuldade para ter filhos. Além disso, é necessário saber se o volume de esperma ejaculado está realmente abaixo do normal, o que pode variar entre 1,5ml e 5ml por ejaculação. Para saber se há algo errado com o esperma é necessário a realização de um espermograma, que é um exame no qual são analisados o número de espermatozoides por ml, a proporção de espermatozoides defeituosos e imaturos, e a motilidade deles.

Alterações dos espermatozoides que podem ser encontradas no esperma:

  • oligospermia (baixa quantidade de espermatozoides);
  • astenospermia (baixa motilidade de espermatozoides);
  • teratospermia (pequeno número de espermatozoides com forma normal);
  • azoospermia (ausência de espermatozoides no esperma).

A dificuldade para ter filhos pode estar relacionada à outros fatores além do esperma, que devem ser esclarecidos com a consulta a um urologista ou a um especialista em reprodução humana.

Posso engravidar se inserir o pênis sujo de esperma na vagina?

Sim, é possível engravidar se inserir o pênis sujo de esperma na vagina. Mesmo que a quantidade de esperma já não seja tão grande, ainda existem lá espermatozoides. Apesar de estarem em número reduzido, basta que um deles consiga chegar ao óvulo para ocorrer fecundação e uma gravidez.

Mesmo que o seu namorado tivesse limpado o pênis depois de tirar a camisinha, ainda haveria chances de gravidez. 

Qualquer relação sexual com penetração do pênis na vagina sem o uso de camisinha, pílula anticoncepcional ou outro método contraceptivo, mesmo que tenha sido praticado o coito interrompido, pode engravidar.

O coito interrompido consiste na retirada do pênis da vagina no momento da ejaculação. Apesar desta prática diminuir um pouco as chances de gravidez, uma vez que a ejaculação ocorre fora da vagina, ainda há chances da mulher engravidar. O coito interrompido não é método anticoncepcional adequado e eficiente.

Espere pela sua menstruação e se ela atrasar mais de 15 dias, faça um teste de gravidez. Se der positivo, consulte o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral.

O homem que tem o esperma fraco pode engravidar?

Para saber a qualidade do esperma, se ele é fraco ou não, o homem deve realizar o exame de espermograma.

Nele, o/a profissional de saúde observará no microscópio a quantidade de espermatozoides presente, bem como suas características de mobilidade entre outras.

Por ser um exame detalhado e analisado em laboratório, não é possível avaliar a qualidade do esperma a olho nu.

O espermograma é um dos exames realizados na avaliação do casal infértil. Essa avaliação inclui exames da mulher e do homem para compreender as causas da infertilidade e orientar adequadamente o tratamento apropriado.

Caso você já realizou este exame e apresenta alterações, procure o/a médico/a para continuar a avaliação, identificar a causa da baixa qualidade do esperma e tratar devidamente.

O casal que está há mais de 15 meses seguidos tentando engravidar e não conseguiu, é indicado uma consulta de planejamento familiar com o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral.

Existem medicamentos para fortalecer os espermatozóides?

O médico usou uma "expressão" para explicar para vocês, o que está acontecendo com os espermatozóides do seu marido. A falta de um mineral chamado zinco pode causar uma menor mobilidade e vitalidade dos espermatozóides. A complementação com um suplementos de vitaminas e sais minerais (contendo Zinco) pode ajudar se esse for o caso do seu marido, caso contrário a resposta para sua pergunta é NÃO.

A menstruação leva os espermatozoides para fora da vagina?

Em teoria sim, mas nos baseamos para dizer que esse é um período em que a mulher dificilmente engravida no fato de que nessa situação não há ovulação e mesmo que a ovulação ocorra o útero não está pronto para receber o óvulo fecundado, então não pode haver gravidez independente dos espermatozoides e seu destino final.

Como aumentar a contagem de esperma?

Ainda não há formas de aumentar a contagem de esperma. O único tratamento que pode melhorar a quantidade de espermatozoides no esperma é através dos hormônios LH e FSH, que têm a função de produzir testosterona e estimular a produção de espermatozoides, respectivamente.

Porém, o tratamento só aumenta a contagem de esperma se o problema estiver relacionado com alterações desses hormônios produzidos pela hipófise. Se estiver tudo bem com a hipófise, a terapia hormonal não é indicada.

Contudo, existem alguns cuidados e medidas que podem ajudar a melhorar a qualidade do esperma, pois combatem fatores que prejudicam a produção de espermatozoides:

  • Praticar exercícios físicos: A falta de atividade física e a obesidade favorecem o desequilíbrio hormonal, prejudicando a formação dos espermatozoides. Recomenda-se pelo menos 30 minutos de exercícios, 4 vezes por semana;
  • Não fumar: As toxinas presentes no cigarro também interferem na produção de gametas;
  • Diminuir a ingestão de bebidas alcoólicas: Recomenda-se reduzir ao máximo o consumo de álcool, uma vez que não existe uma dose mínima indicada;
  • Diminuir ou evitar o estresse: O estresse constante também pode causar desequilíbrio hormonal. Os exercícios físicos podem ser uma boa forma de aliviar o estresse;
  • Dormir bem: O sono regula o funcionamento do organismo. O número de horas ideal varia para cada pessoa, mas a recomendação normalmente é de 7 a 8 horas por noite (Leia também: 10 Dicas para Melhorar a Qualidade do Sono);
  • Ter uma alimentação adequada: Recomenda-se uma alimentação balanceada, sobretudo rica em vitaminas e nutrientes relacionados com a produção de espermatozoides, como vitaminas A, C e E, zinco e ômega 3.

Dentre as principais causas para a baixa qualidade do sêmen estão:

  • Obesidade;
  • Estresse;
  • Consumo de bebidas alcoólicas;
  • Uso de drogas como cocaína e crack;
  • Tabagismo;
  • Poluição do ar;
  • Alimentação inadequada;
  • Falta de atividade física.

Esses fatores prejudicam a produção de espermatozoides de diversas formas, podendo interferir na contagem de esperma, por isso devem ser evitados.

Consulte um médico urologista para maiores esclarecimentos.

Também podem lhe interessar:

Sêmen ralo é sinal de infertilidade?

Entendendo os Resultados do Espermograma

Minha dúvida é que eu e minha namorada temos relações...

Se ela toma anticoncepcional não tem como engravidar. Mas respondendo sua dúvida: muito difícil engravidar dessa forma.

Fiz biópsia de próstata e sei que sai sangue no esperma...

Continue sua vida normalmente não há necessidade de forçar nada. O repouso é até aconselhável.

O homem pode ter o esperma fraco?

Sim, alguns homens são inférteis ou tem dificuldades em conseguir engravidar a parceira.