Perguntar
Fechar
Tive relação e senti uma dor, hoje quando fui urinar saiu um pouco de sangue, o que é isso?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Pequenos traumatismos podem ocorrer na uretra durante a relação sexual, inclusive com pequenos sangramentos, normalmente não são graves e melhoram sozinhos, mas se os sintomas permanecerem ou forem intensos precisa procurar um médico. Sempre existe também a possibilidade de infecção urinária, muito comum em mulheres com vida sexual ativa e pode estar relacionada com o ato sexual.

Quando vou defecar sai pingos de sangue vermelho?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Sangramento aos pingos de sangue vivo é geralmente decorrente de lesões no ânus ou parte baixa do intestino, dificilmente do fígado. Precisa ir a um médico para ver o que realmente está acontecendo.

Hemácias altas: o que pode ser?
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Dra. Rafaella Eliria Abbott Ericksson
Clínica médica e Neurologia

Existem diversas doenças e condições que podem aumentar o número de hemácias no sangue, como em casos de:

  • Tabagismo;
  • Cardiopatia congênita (Problemas na estrutura e no funcionamento do coração presentes desde o nascimento);
  • Tumor no rim;
  • Baixos níveis de oxigênio no sangue (hipóxia);
  • Cicatrizes ou espessamento dos pulmões (fibrose pulmonar);
  • Doenças na medula óssea (p.ex.: Policitemia vera);
  • Exposição a altas altitudes (pode manter as hemácias altas por semanas);
  • Uso de medicamentos como gentamicina® e metildopa® e
  • Desidratação, que representa um "falso" aumento das hemácias, com a hidratação venosa, os valores equilibram e normalizam.
Qual o valor normal de hemácias no sangue?

A quantidade normal de hemácias no sangue é diferente para homens e mulheres:

Homem: 4,7 a 6,1 milhões de células por microlitro de sangue;Mulher: 4,2 a 5,4 milhões de células por microlitro de sangue.

Os valores de referência e a forma de realizar a contagem de hemácias podem variar de acordo com o laboratório.

A contagem de hemácias quase sempre faz parte do hemograma completo. A sua avaliação auxilia no diagnóstico de diferentes tipos de anemia e outros problemas de saúde que afetam essas células.

O que são hemácias?

As hemácias, também conhecidas como eritrócitos ou glóbulos vermelhos, são células do sangue responsáveis pelo transporte de oxigênio. As hemácias possuem hemoglobina, uma proteína que se liga ao oxigênio e permite que os glóbulos vermelhos distribuam o oxigênio para as células e tecidos do corpo. É a hemoglobina que dá a coloração vermelha aos eritrócitos.

Por isso, a quantidade de oxigênio que os tecidos do corpo recebem depende do número de hemácias presentes no sangue e do bom funcionamento dessas células.

Hemácias baixas: o que pode ser?

Hemácias baixas podem ser um sinal de:

  • Anemia;
  • Sangramento;
  • Insuficiência da medula óssea, que pode ser causada por radiação, toxinas, infecções ou tumor;
  • Deficiência do hormônio eritropoietina, causada por doença renal;
  • Destruição de glóbulos vermelhos devido a transfusão de sangue, por exemplo;
  • Desnutrição;
  • Câncer de medula óssea (mieloma múltiplo);
  • Falta de ferro, cobre, folato (vitamina B9), vitamina B6 ou vitamina B12;
  • Excesso de água no corpo;
  • Gravidez;
  • Uso de medicamentos (quimioterapia, cloranfenicol, hidantoína, quinidina).

O médico que solicitou o exame de sangue é o responsável pela interpretação dos resultados da contagem de hemácias. Para maiores informações, consulte um médico de família ou um clínico geral.

Fiz biópsia de próstata e sei que sai sangue no esperma...
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Continue sua vida normalmente, não há necessidade de forçar a saída de esperma. O repouso é aconselhável após a biópsia.

os primeiros dias após a biópsia da próstata pode haver saída de pequena quantidade de sangue pelo esperma, pela urina ou por via retal. Com o tempo ocorre a cicatrização do local da biópsia e a melhora dos sintomas.

Outros sintomas que podem acontecer após a biópsia prostática são dor na região e eventualmente dificuldade para urinar.

Quando devo procurar um médico após a biópsia de próstata?

É muito importante estar atento a sinais de alarme que quando presentes devem levá-lo a procurar um urologista, estes sinais são a incapacidade de urinar, sangramento prolongado que não melhora com o tempo, febre e dor intensa e persistente.

Estes sinais podem indicar uma possível infecção, por isso, devem ser avaliados por um médico.

Na maioria dos casos pode-se voltar as atividades habituais logo após a biópsia, no entanto, muitos médico recomendam evitar atividade física e esforço físico durante alguns dias

Como é feita a biópsia de próstata?

A biópsia de próstata é um procedimento médico caracterizado pela retirada de pequena quantidade de tecido prostático através de uma agulha guiada por ultrassom. O exame é feito sob anestesia e é indolor, embora possa causar algum desconforto.

Esse exame está indicado na situação de suspeita de câncer de próstata, quando por exemplo é encontrado um nódulo ou observa-se alterações na consistência da próstata. Quando o paciente apresenta exames anteriores alterados como um PSA muito elevado e alterações no ultrassom da próstata, também está indicada a realização da biópsia.

Para mais informações consulte o seu médico urologista.

Minha menstruação é sangue grosso, é normal?
Dr. Charles Schwambach
Dr. Charles Schwambach
Médico

Se sempre foi assim e não tem nenhum outro sintoma, não deve se preocupar isso deve ser uma característica das suas menstruações.

Posso usar Rivotril durante o período de jejum antes de um exame de sangue?
Dr. Ivan Ferreira
Dr. Ivan Ferreira
Médico

Sim, o Rivotril pode ser tomado durante o período de jejum antes de um exame de sangue, desde que o médico que pediu o exame autorize o seu uso.  O Rivotril, assim como outros medicamentos da classe dos benzodiazepínicos, não é identificado nos exames de sangue habituais, a não ser que seja um exame específico para a sua dosagem sanguínea. Embora a ação do Rivotril não interfira nos resultados dos exames laboratoriais comuns, pode haver raras alterações causadas por ele.

O Rivotril é um medicamento que tem ação no sistema nervoso central e é utilizado para tratamento de crises convulsivas, relaxamento muscular, sedação e efeito tranquilizante. 

O médico que solicitou os exames de sangue ou outros tipos de análises laboratoriais deve estar sempre ciente das medicações usadas pelo paciente.

Quem tem epilepsia pode doar sangue?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Quem tem epilepsia pode doar sangue, desde que o tratamento tenho sido suspenso há 3 anos e durante este período não tenha havido nenhum relato de crise convulsiva. Se a pessoa que tem epilepsia estiver tomando medicamento anticonvulsivo, a doação de sangue não é permitida.

Nos casos em que a pessoa apresenta histórico de convulsão até os 2 anos de idade, normalmente associado a episódios de febre e não característico de epilepsia, ela pode doar sangue.

A portaria nº 1.353 de 2011 do Ministério da Saúde (lei brasileira que rege a hemoterapia) alterou o critério anterior que decretava que quem teve convulsões ou epilepsia na infância não estava apto a doar sangue.

Também pode lhe interessar: 

Epilepsia pode matar?

Quais são os sintomas de epilepsia?

Quem teve hepatite pode doar sangue?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Quem teve hepatite após os 11 anos de idade não pode doar sangue.

A portaria nº 1.353 de 2011 do Ministério da Saúde indica as principais causas de inaptidão definitiva e temporária para a doação de sangue. A hepatite viral após os 11 anos de idade está na lista de inaptidão definitiva.

A exceção é feita nos casos de infecção aguda de Hepatite A, que deve ser comprovada com exames de sangue e avaliação do médico do serviço de hemoterapia.

Nos demais casos de hepatite após  os 11 anos de idade a pessoa fica impedida de doar sangue definitivamente.

Anticoncepcional pode ser detectado em exame de sangue?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não, o anticoncepcional não é detectado no exame de sangue, urina ou fezes.

O anticoncepcional é uma medicação que não é possível ser detectada em exames de sangue.

Tanto o anticoncepcional oral quanto o injetável são medicações que contêm hormônios capazes de reordenar o ciclo menstrual da mulher. Quando a mulher está em uso do anticoncepcional, não é possível detectar sua presença por exame de sangue.

Todos os exames de sangue são realizados com identificação pessoal, sigilo e o resultado é entregue diretamente para a própria pessoa.

Caso você tenha alguma dúvida, pergunte para seu/sua médico/a de família, ginecologista ou clínico/a geral.

Quem teve toxoplasmose pode doar sangue?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Quem teve toxoplasmose pode doar sangue 1 ano após a cura.

A portaria nº 1.353 de 2011 do Ministério da Saúde indica as principais causas de inaptidão definitiva e temporária para a doação de sangue. A toxoplasmose está na lista de causas temporárias de inaptidão.

A pessoa que teve toxoplasmose e já se curou poderá doar sangue após 1 ano da cura.

A doação de sangue é uma prática muito importante que pode salvar vidas. Se você tem entre 16 e 69 anos de idade, acima de 50 Kg, procure um Centro de Doação (Hemocentro) mais próximo para maiores informações.

Doar sangue pode atrasar a menstruação?
Dra. Nicole Geovana
Dra. Nicole Geovana
Medicina de Família e Comunidade

Não. A mulher que doa sangue não apresentará atraso menstrual justificado por essa prática.

O atraso menstrual pode ter várias causas e deve ser investigado devidamente pelo/a ginecologista, clínico/a geral ou médico/a de família.

Leia algumas causas em:

 O que pode atrasar a menstruação?

Em cada doação de sangue são coletados em torno de 450 mL de sangue, o que corresponde a menos de 10% do total de volume sanguíneo. Essas células sanguíneas doadas são repostas pelo organismo ao longo do tempo e não fará falta no desempenho das funções metabólicas da pessoa que doou, nem irá induzir ao atraso menstrual.

A doação de sangue não provoca atraso na menstruação. Caso você tenha doado sangue e sua menstruação está atrasada, procure um serviço de saúde para uma avaliação.

A doação de sangue é uma prática muito importante que pode salvar vidas. Se você tem entre 16 e 69 anos de idade, acima de 50 Kg, procure um Centro de Doação (Hemocentro) mais próximo para maiores informações.

Quando a gente obra (defeca) sangue o que é isto?
Dra. Janyele Sales
Dra. Janyele Sales
Medicina de Família e Comunidade

Sangramento ao defecar tem como causa mais comum a presença de hemorroida. Pode também ocorrer em outras doenças, o ideal é procurar um médico para uma avaliação e investigação sobre a causa do sangramento retal.

Entre as possíveis causas de sangramento retal estão a doença hemorroidária, fissuras anais, trauma local, parasitoses intestinais, presença de pólipos, diverticuloses, doenças inflamatórias intestinais, como doença de Crohn e retocolite ulcerativa, ou mesmo tumores.

´Para o correto diagnóstico algumas características do sangramento retal são avaliados pelo médico como se o sangramento é em pequena ou grande quantidade, se o sangue é vermelho vivo ou apresenta-se digerido (escuro) e outros sintomas que possam acompanhar esse quadro como dor para evacuar, dor abdominal, diarreia ou constipação, vômitos, perda de peso entre outras.

Hemorroidas e fissuras anais

A presença de hemorroidas é umas das principais causas de sangramento retal. As hemorroidas são varizes anais que eventualmente podem sangrar, principalmente com o esforço evacuatória. Além do sangramento pode ocorrer dor no local.

Já as fissuras anais são pequenas fissuras que podem acometer a região anal e causam dor intensa durante a evacuação, eventualmente também podem causar sangramento em pequena quantidade.

Tanto as hemorroidas e as fissuras anais causam um sangramento vermelho vivo. Ambas as doenças também se beneficiam da adoção de uma dieta rica em fibras que permite o adequado funcionamento intestinal, já que os sintomas pioram com o esforço evacuatório.

A adequada ingesta de água e líquidos também é essencial para o funcionamento intestinal, da mesma forma que a prática de atividade e a longo prazo contribuem para a melhora dos sintomas.

Consulte o seu médico de família ou clínico geral caso esteja apresentando sangramento retal.