Perguntar
Fechar

Saúde da Mulher

Quantos dias de atraso são considerados como atraso menstrual?

Para ser considerado atraso menstrual, a menstruação deve estar com pelo menos 15 dias de atraso. Atrasos menstruais de até 7 ou 8 dias são muito comuns e nem sempre indicam gravidez.

No entanto, mulheres com ciclos menstruais bastante regulares podem desconfiar de gravidez a partir do 5º dia de atraso menstrual.

A ausência de menstruação é o primeiro e mais importante sinal de gravidez. Em geral, esse atraso pode vir acompanhado por pequenos sangramentos, diferentes do sangramento menstrual habitual.

Porém, atraso na menstruação nem sempre indica uma gravidez. Outras causas de atraso menstrual incluem:

  • Estresse e ansiedade;
  • Interrupção da pílula anticoncepcional;
  • Doenças ou infecções, mesmo que sejam simples e corriqueiras;
  • Medicamentos como antipsicóticos, corticoides, antidepressivos, quimioterapia, imunossupressores, anti-hipertensivos;
  • Ganhar ou perder muito peso num curto espaço de tempo;
  • Obesidade;
  • Magreza extrema;
  • Distúrbios alimentares, como anorexia;
  • Atividade física em excesso;
  • Hipo ou hipertireoidismo;
  • Ovários policísticos;
  • Menopausa.

Leia também: Existem doenças com sintomas parecidos com gravidez?

Em caso de atraso menstrual, a mulher deve consultar o/a médico/a ginecologista ou médico/a de família, que poderá pedir um teste de gravidez para descartar esta possibilidade ou investigar outras possíveis causas do atraso.

Tomar junto as 2 pílulas do dia seguinte faz mal? Corta efeito?

Tomar junto as duas pílulas do dia seguinte não faz mal e não corta o efeito.

Há duas opções de pílula do dia seguinte:

- 1 comprimido de 1,5 mg

- 2 comprimidos de 0,75 mg cada.

Para as pílulas que vêm em 2 comprimidos recomenda-se tomar os 2 comprimidos de uma vez. Há possibilidade de tomar 1 comprimido e após 12 horas de intervalo tomar o outro. Como a mulher pode esquecer de tomar o segundo comprimido, recomenda-se tomar os 2 juntos. Isso não vai afetar no efeito da medicação nem alterar os possíveis efeitos colaterais.

A pílula do dia seguinte é um método de contracepção de emergência e deve ser usada até 72 horas após a relação sexual desprotegida.

Se você deseja um método anticoncepcional duradouro, procure um/a médico/a de família ou ginecologista para aconselhar o melhor método para você.

Leia também:

Quantas pílulas do dia seguinte posso tomar por ano?

2 pílulas de anticoncepcional tem o mesmo efeito da pílula do dia seguinte?

Tomar anticoncepcional estando menstruada, a menstruação vai parar?

O início do uso de anticoncepcional durante a menstruação pode fazer a menstruação parar, porém isso não ocorrerá de imediato. Ou seja, a mulher que está menstruada e começa a usar anticoncepcional, pode interromper o sangramento a partir de alguns dias.

A mulher que já está em uso da pílula anticoncepcional e não quer ter o sangramento mensal (menstruação) pode emendar as cartelas para evitar a menstruação. Não havendo a pausa entre uma cartela e outra, não ocorrerá a menstruação. Se a mulher deseja esse efeito por um tempo prolongado, é recomendado consultar o/a ginecologista, médico/a de família ou clínico/a geral para avaliar o método anticoncepcional mais indicado nessa situação.

Quantos dias depois de terminar a cartela do anticoncepcional a menstruação vem?

Geralmente a menstruação ocorre entre o 3º e 4º dia da pausa do anticoncepcional. Quem usa o anticoncepcional da forma correta, 1 comprimido por dia, sempre no mesmo horário, sem esquecimento de comprimido, ao terminar a cartela (21 ou 24 comprimidos) a menstruação vem 3 a 4 dias depois do último comprimido.

Esse sangramento ocorre por privação hormonal, ou seja, pela ausência de hormônio nesse período de pausa entre duas cartelas.

A próxima cartela deve ser iniciada no dia programado, 7 ou 4 dias (a depender se a cartela tem 21 ou 24 comprimidos) após a pausa mesmo que ainda haja sangramento.

Para outras dúvidas acesse:

Dúvidas sobre anticoncepcional

Chá de arruda faz descer a menstruação? Pode provocar aborto?

Sim, o chá de arruda pode fazer descer a menstruação e provocar aborto.

A arruda possui em suas folhas, um elemento chamado Rutina, que tem como principal ação provocar ou acelerar a menstruação, propriedade conhecida como emanagoga, por isso o chá de arruda é contraindicado durante a gravidez.

A arruda estimula as fibras musculares do útero, provocando contrações uterinas que podem causar sangramentos e, se a mulher estiver grávida, pode levar ao aborto e morte do feto. Caso não ocorra um aborto, pode haver anomalias ou malformações fetais.

Além de ser emenagogo e abortivo, o chá de arruda pode provocar intoxicações no organismo se for consumido em grandes quantidades.

Outros chás que são considerados abortivos ou teratogênicos (que podem causar malformação no feto) e por isso, são contraindicados durante a gestação, segue abaixo por ordem alfabética:

  • Alecrim
  • Arnica
  • Artemísia
  • Barbatimão 
  • Boldo
  • Buchinha do norte
  • Cambará
  • Cânfora
  • Carqueja
  • Cipó-mil-homens
  • Confrei
  • Erva-de-bicho
  • Espirradeira
  • Erva-de-santa-maria
  • Eucalipto
  • Gengibre
  • Melão-de-são-caetano
  • Pinhão-de-purga ou pinhão-paraguaio
  • Poejo.  

Para maiores esclarecimentos sobre os chás que podem fazer descer a menstruação ou causar aborto, fale com o seu médico ginecologista.

Tomei duas pílulas do anticoncepcional no mesmo dia

Caso a mulher tome duas pílulas no mesmo dia, no dia seguinte ela deve continuar a tomar a medicação normalmente tomando um comprimido por dia. Dessa forma, ela terminará a cartela um dia antes do previsto.

Mesmo assim, deve fazer a pausa prevista de acordo com o anticoncepcional (alguns 7 dias e outros 4 dias) e começar a nova cartela como habitualmente.

Leia também:

Tomar duas pílulas de anticoncepcional faz mal?

Esqueci de tomar 1 pílula e tive relação, posso estar grávida?

Fazendo o uso da medicação da forma correta e evitando falhas, a chance de engravidar é reduzida. Sempre que há algum tipo de falha na tomada da medicação pode haver chance de ocorrer a gravidez. Porém, na situação que você descreveu, as chances são menores pois as devidas ações foram tomadas a tempo.

Na dúvida, você pode aguardar umas semanas e realizar um teste de gravidez para excluir a possibilidade de estar grávida.

A pílula anticoncepcional deve continuar sendo tomada nos horários habituais e 1 em cada dia para não haver falhas no método.

Em caso de outras dúvidas, procure um serviço de saúde para uma consulta de avaliação.

É preciso estar em jejum para fazer o exame Beta HCG?

Para coleta do beta-HCG no sangue o jejum não é obrigatório, embora alguns laboratórios recomendam jejum de 4 horas. O mais adequado é confirmar no laboratório onde será feita a coleta.

Se for feita a detecção do beta-HCG na urina (teste de farmácia), deverá ser coletada a urina da manhã, ou após quatro horas de retenção urinária. Leia a bula com as orientações, pois podem haver alterações conforme o teste.

O médico que solicitou o exame de beta-HCG é quem deve interpretar o resultado. Se o teste de farmácia der positivo, procure uma Unidade Básica de Saúde ou um médico ginecologista para confirmar a gravidez e iniciar o pré-natal.

Saiba mais em: Resultado do Exame de Gravidez - Beta-HCG